Al Hilal faz 7 a 0 no Al Duhail e está na final da Champions da Ásia, Algoz do Fla

Atual vice-campeão mundial e campeão asiático, o Al Hilal mostrou mais uma vez sua força na temporada. Neste domingo, o time saudita massacrou o Al Duhail, do Catar, na semifinal da Champions League da Ásia: 7 a 0, no estádio Al Thumama, em Doha.

O nigeriano Odion Ighalo foi o destaque da partida, com quatro gols, um deles com assistência do brasileiro Michael. O malinês Moussa Marega fez dois, e Salem Al Dawsari também deixou o seu.

O Al Hilal vai decidir a Champions League da Ásia contra o Urawa Red Diamonds, do Japão, em dois jogos: no dia 29 de abril, com mando do time saudita, e 6 de maio, em Saitama. O torneio vale pela temporada 2022 e marcará a mudança do calendário. A próxima edição vai seguir a temporada europeia.

Com a goleada, o Al Hilal fecha um mês de perfeito quase perfeito, com apenas uma derrota, para o Real Madrid, por 5 a 3, na decisão do Mundial de Clubes. O grande jogo do clube foi na semifinal, quando derrotou o Flamengo por 3 a 2, se classificando pela primeira vez para decidir o torneio da Fifa.

Na Champions da Ásia, o Al Hilal faz o papel de favorito. É o maior vencedor do torneio, com quatro títulos: 1991, 2000, 2019 e 2021. O Urawa Red Diamonds já venceu duas vezes a competição (2007 e 2017) e terá a chance de se vingar da derrota para o Al Hilal na final de 2019.

Fonte: GE - Doha, Catar